Aulas

Calendário:

  • Mitocôndria: O que acontece quando o stresse se instala?
    Investigador:  Anabela Rolo
    Data: 27 de Março, 5ªfeira (12-13.30)
    Local: Escola Secundária Quinta das Flores

    As mitocôndrias organizam-se em redes altamente dinâmicas, com capacidade para se adaptarem às necessidades metabólicas da célula. A homeostase celular também dita a manutenção da qualidade mitocondrial determinando a remoção de mitocôndrias danificadas e ativando a expansão da massa mitocondrial. Este dinamismo reflete-se também na ampla variedade de processos celulares a que a mitocôndria está associada, assim como na interação íntima com outras estruturas celulares. Assim sendo, não é de todo surpreendente a associação que tem sido feita entre alterações mitocondriais, funcionais e estruturais, e diversas patologias humanas.

    Nesta aula, vamos olhar para a mitocôndria , para o seu lado positivo, mas também o seu lado negativo, abordando desenvolvimentos recentes no âmbito dos processos mitocondriais relacionados com doenças metabólicas. Paralelamente, discutiremos algumas abordagens que permitem o estudo da mitocôndria.

    + Ler mais...
  • Novos neurónios para novas memórias: o efeito de uma vida saudável.
    Investigador:  Jorge Valero
    Data: 3 de Abril, 5ªfeira (12-13.30)
    Local: Escola Secundária Quinta das Flores

    Durante muito tempo pensou-se que o cérebro adulto não tinha a capacidade de produzir novos neurónios. Durante o século passado têm sido feitas descobertas que indicam a existência de locais no cérebro onde ocorre a produção de novos neurónios. Estes novos neurónios têm um papel importante na formação de novas memórias. Tem sido também verificado que com a idade a produção de novos neurónios diminuí assim como a capacidade de criar novas memórias, diminuição esta que está em parte relacionada com o nosso estilo de vida: actividade física, intelectual, alimentação, stress, entre outros factores. Desta forma, a expressão clássica “Mens sana in corpore sano” faz agora ainda mais sentido.

    Nesta aula falaremos desta temática e debeteremos questões como “Será que o nosso estilo de vida na juventude irá definir a forma como envelhecemos?” e “Pode o nosso estilo de vida ter um papel no desenvolvimento de patologias como a doença de Alzheimer?”.

    + Ler mais...
  • À descoberta de novos medicamentos para doenças do cérebro e envelhecimento.
    Investigador:  Cláudia Cavadas
    Data: 2 de Abril, 4ªfeira (8.30-10)
    Local: Escola Secundária Quinta das Flores

    A descoberta de novos fármacos é um caminho longo que exige equipas multidisciplinares e com competências em várias áreas.

    Nesta aula vamos abordar a experimentação e os passos que têm que ser realizados para que uma nova molécula terapeuticamente ativa chegue às farmácias. Diversos temas serão abordados e discutidos: ensaios pré-clinicos e ensaios clinicos; estudos "in vitro" e "in vivo"; culturas de células; a importância das células estaminais na descoberta de novos fármacos; a investigação em toxicologia e em farmacologia; a experimentação em animais de laboratório; "high troughput screening"; a investigação científica que gera produtos: da propriedade intelectual ao empreendorismo.

    + Ler mais...
 Votação!